Empresário cajazeirense e filho da cidade de Sousa morre em trágico acidente na BR 230 próximo ao Estádio Perpetão. Veja as fotos!

21 de julho de 2013 Comentários
Cristiano Bebidas ao lado da esposa (Foto: Ângelo Lima)

Cristiano Bebidas ao lado da esposa (Foto: Ângelo Lima)

Um grave acidente foi registrado na noite deste domingo (21), na BR 230 próximo ao Estádio Perpetão na cidade de Cajazeiras. Um empresário cajazeirense morreu após capotar o veículo.

Conforme informações da Polícia Militar, o empresário Cristiano da Silva Freitas, de 38 anos, conduzia um veículo Saveiro de cor vermelha e placa NQG 9033, pela BR 230 sentido Ceará à Cajazeiras, quando próximo ao Estádio O Perpetão, perdeu o controle do carro que capotou várias vezes e caiu em um barranco.

Com o impacto, o corpo da vítima foi arremessado para fora do veículo e caiu em cima de uma cerca de arame farpado. A vítima teve o couro cabeludo arrancado. O automóvel ficou parcialmente destruído e teve uma das rodas arrancada.

Viaturas do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel e Urgência (SAMU) foram acionadas e estiveram no local do sinistro. A vítima foi socorrida pelo SAMU, mas morreu antes de chegar ao Hospital Regional de Cajazeiras.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor do veículo não usava o cinto de segurança, por isso foi arremessado para fora do carro.

 

Cristiano da Silva Freitas, era proprietário da empresa “Cristiano Bebidas”, na cidade de Cajazeiras e era casado com “Pingo Cabeleireira”. Ele era filho da Professora Fátima Freitas, diretora do Colégio Mestre Júlio Sarmento (Poli II) em Sousa. O comerciante deixa três filhos e os irmãos: Tony, Flávio (proprietário de um Lava Jato na cidade de Sousa) e Fernando Bebidas (dono de um depósito de bebidas na cidade de Sousa).

Veja as imagens na galeria abaixo. Clique para ampliar a foto!

DIÁRIO DO SERTÃO

MÍDIA PARAÍBA

Compartilhe !

Leave A Response »

You must be logged in to post a comment.

Copyright 2013 - Mídia Paraíba

É proibida qualquer cópia deste Website sem a devida autorização